HomeBahia

Qualificação profissional e intermediação de mão de obra se destacam no interior da Bahia

A descentralização do desenvolvimento baiano passa necessariamente pela criação de oportunidades e da qualificação dos trabalhadores em todas as regiões da Bahia. O Governo do Estado Bahia tem investido em qualificação profissional de jovens e adultos, especialmente de pessoas em condição de vulnerabilidade social, buscando promover a intermediação de mão de obra, gerar renda e fortalecer os arranjos produtivos solidários. Programas e projetos como Juventude Produtiva, Qualifica Bahia e Bahia MEI, coordenados pela Secretaria do Trabalho, Emprego, e Esportes (Setre) totalizaram investimentos de mais de R$ 22 milhões, beneficiando 23.500 pessoas em Salvador e no interior do estado.

As ações de qualificação incluem uma diversidade de cursos presenciais e EaD  desde confeitaria, eletricista de rede de distribuição, cuidador de idosos, web designer até marketing digital, fotografia, entre outros. Só o projeto Trilha, incluído no Programa Juventude Produtiva, ofereceu vagas para 17 cursos diferentes em 20 municípios baianos. Cerca de 15mil microempreendedores individuais (MEI) receberam apoio, capacitação profissional, orientação para acesso a crédito, regularização de tributos e impostos e assistência técnica por meio de aulas e consultoria on-line.

Recentemente, a Setre lançou o Programa Qualifica Bahia – Setor Industrial com investimento de aproximadamente R$ 2 milhões na oferta de cursos preparatórios para a seleção da montadora chinesa BYD. Realizados na sede do Senai de Camaçari, os cursos contemplaram 500 candidatos na primeira etapa.

A qualificação atende áreas, como operador de produção veicular; auxiliar de linha de produção; mecânico de manutenção de máquinas industriais e inspetor de qualidade, com carga horária que varia de 200 a 260 horas. Além da qualificação gratuita, os selecionados receberam fardamento (duas unidades por aluno), material didático, transporte para deslocamento e lanche.

Crédito

Além da qualificação profissional, o Governo da Bahia buscou ampliar a oferta de crédito. O Programa de Microcrédito do Estado da Bahia (Credibahia) abriu uma linha de crédito específica para as mulheres, o CrediBahiaMulher,  parceria da Setre com a Agência de Fomento do Estado (Desenbahia) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

A nova linha de crédito tem como meta fortalecer o empreendedorismo feminino ao oferecer a menor taxa de juro do mercado – 1,8% ao mês. Só em 2023 foram liberados R$ 37.918.554 milhões em mais de 5 mil contratos nas diversas regiões do estado.

Incentivo ao esporte

Atenta à importância do esporte para a juventude, a Setre investiu R$ 8,8 milhões na política estadual de iniciação esportiva. As aulas de iniciação esportivas são garantidas pelo Governo da Bahia por meio da Superintendência de Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), beneficiando cerca de seis mil alunos. O investimento total nas mais diversas modalidades esportivas, no período de 2023 e 2024 está estimado em R$ 60 milhões pela Sudesb.

Só em 2023 foram 28 novos espaços esportivos como as areninhas instaladas na capital e no interior do estado. Entre os municípios contemplados em 2023 tivemos Amélia Rodrigues, Brumado, Caetite, Capela de Alto Alegre, Chorrochó, Dom Basílio, Feira de Santana, Gandu, Ibirapuã, Ilhéus, Itaberaba, Itapitanga, Jacobina, Jussara, Macururé, Manoel Vitorino, Nova Ibiá, Salvador (três areninhas), Sobradinho, Teixiera de Freitas, Tucano, Várzea da Roça e Vitória da Conquista.

Fonte: Clique aqui

COMMENTS