HomeSalvador

Praça Cairu vira palco de múltiplas expressões da cultura popular em abertura do Viva Verão

Foto: Jefferson Peixoto/Secom PMS

Diversas expressões culturais se uniram para fazer da abertura da primeira edição do Viva Verão, nesta sexta-feira (16), um momento emblemático para Salvador. Embalados pelo ritmo percussivo da banda Malê Debalê, o maior balé afro do mundo deu às boas vindas ao público que compareceu na Praça Cairu, no Comércio, para conferir o primeiro dia do projeto. O Malê também presenteou o público com muita dança e simpatia dos vencedores do 43° Concurso Negro e Negra Malê, Camila Morena e Jefesson Reis, que brilharam no Carnaval deste ano.

Uma das atrações mais aguardadas da noite foi a cantora Mariene de Castro, que apresentou para o público o consagrado projeto “Santo de Casa”. Com mais de 25 anos de carreira e considerada uma das maiores sambistas do país, a artista falou sobre a apresentação no Viva Verão ser um sonho realizado.

“Estou feliz em fazer parte do Viva Verão e por trazer o Santo de Casa para o povo na rua. Trazer Lia de Itamaracá, as Ganhadeiras de Itapuã, Zambiapunga e Malê Debalê. Tudo isso é a realização de um sonho e do projeto de uma vida com o contexto de rua em um projeto para o povo, nesse lugar lindo. Não tinha jeito melhor para começar esse ano”, declarou.

Um dos pontos altos da noite foi a participação do patrimônio vivo e cultural, a cantora e compositora de ciranda pernambucana Lia de Itamaracá. No alto dos 80 anos, a artista, que já foi enredo de duas escolas de samba, cantou ao lado de Mariene de Castro a canção “Eu sou Lia”.

Como já é tradição nas apresentações do Santo de Casa, as Ganhadeiras de Itapuã também marcaram presença na festa e abrilhantaram a noite com muito samba no pé. Membro do grupo há mais de duas décadas, Tereza Cristina Silva contou que se orgulha de poder fortalecer a cultura popular.

Ao lado de 13 mulheres aguerridas, Tereza Cristina se apresentou mostrando a cultura da Bahia para uma plateia que vibrou com cada dança executada. “É uma imensa felicidade estar nessa praça podendo mostrar para o público quem são as Ganhadeiras de Itapuã, que são mulheres da Bahia e do Brasil. Aqui são mulheres fortes que representam a todas no país”, contou.

Nesta noite ainda se apresentou o Cortejo Zambiapunga, manifestação folclórica que reúne pessoas mascaradas, com roupas coloridas e feitas com retalhos de panos e papéis de seda. O grupo, que também se apresenta anualmente no pré-Carnaval de Salvador, no Fuzuê, é tradicional da cidade de Nilo Peçanha. 

Moradora de Campinas de Brotas, Beatriz Vieira afirmou que aproveitou o Viva Verão para apresentar a cultura popular para o filho Cauã, de 10 anos. “Muita gente trabalhou no Carnaval e não teve a oportunidade de curtir a festa. Eu mesma trabalhei todos os dias. A Prefeitura nos deu a oportunidade de estar aqui curtindo essa festa tão bonita com nossas crianças, que também não puderam aproveitar a folia. E além disso, a oportunidade também de apresentar para elas um espetáculo desse porte com Mariene e tantos outros artistas”, declarou.

Realizado pela Prefeitura, através da Secretaria de Cultura e Turismo (Secult) , o projeto Viva Verão promete movimentar a cidade até o fim do mês. Ainda se apresentam gratuitamente para os soteropolitanos artistas como Baby do Brasil, Pepeu Gomes e Paulinho Boca do Cantor com o show Novos Baianos, Timbalada, Olodum, Gloria Groove, Mariene de Castro, Gaby Amarantos e mais 13 atrações. Os shows vão até o dia 25 de fevereiro.

O subsecretário da Secult, Walter Junior, falou sobre a estratégia da pasta com o Viva Verão, de modo a agraciar tanto baianos quanto turistas que ainda estejam na capital. “Trazemos mais cultura, mais alegria, é tudo que todos queriam. A programação foi pensada nesses moldes para trazer novas atrações, algumas inclusive que não tocaram no Carnaval, outras que se fizeram presente nos palcos alternativos. Tudo isso dando a oportunidade para a população aproveitar, em praça pública, coroando o verão e fazendo um prelúdio de como será o Festival da Cidade”, detalhou, citando a programação do aniversário de Salvador, em março.

Programação – Neste sábado (17), a partir das 18h, a festa continua com a drag queen Gloria Groove que sobe ao palco da Praça Cairu ao lado do cantor Hiran, além das apresentações do Cortejo Afro e da cantora Majur. Já no domingo (18), no mesmo horário, o primeiro bloco Afro do mundo, Ilê Aiyê, faz uma apresentação especial pós-Carnaval, no ano em que comemora seu cinquentenário. E Baby do Brasil, Pepeu Gomes e Paulinho Boca de Cantor irão emocionar o público com o show dos Novos Baianos.

Reportagem: Joice Pinho/Secom PMS

COMMENTS