Otalgia: o que é, sintomas, causas, tipos e tratamento

HomeLifestyle

Otalgia: o que é, sintomas, causas, tipos e tratamento

Otalgia é um termo médico para dor de ouvido, senso considerado um sintoma que pode ser causado por infecções ou lesões no canal auditivo, acúmulo de cera, perfuração do tímpano ou mudanças na pressão atmosférica, afetando a orelha externa, média ou interna.

A otalgia pode ser sentida na forma de pressão no ouvido, pontadas ou sensação de ardor e, dependendo da sua causa, pode estar acompanhada de outros sintomas como febre, saída de líquido pelo ouvido ou perda temporária de audição.

Leia também: Pressao no ouvido: sintomas, causas e o que fazer


tuasaude.com/pressao-no-ouvido

É importante consultar o otorrinolaringologista ou o pediatra sempre que surgir otalgia para que seja identificada sua causa e iniciado o tratamento mais adequado, que pode envolver o uso de antibióticos nos casos de infecção bacteriana.


Sintomas de otalgia

Os principais sintomas de otalgia são:

  • Dor no ouvido na forma de sensação de pontadas, pressão ou ardor;
  • Coceira no ouvido afetado;
  • Saída de líquido ou pus pelo ouvido;
  • Perda temporária de audição;
  • Dor de cabeça;
  • Perda do equilíbrio.

Além disso, caso a otalgia tenha sido causada por infecções por bactérias, vírus ou fungos, conhecidas como otite, também pode surgir febre, vermelhidão ou inchaço da orelha, por exemplo. 

A otalgia é mais comum de acontecer em crianças e, além dos sintomas relacionados com o ouvido, é comum que a criança fique mais irritada, chorosa ou fique colocando a mão no ouvido repetidamente, principalmente quando a criança ainda não consegue falar. Veja como identificar a dor de ouvido no bebê.

Na presença de sintomas de otalgia, deve-se consultar o otorrinolaringologista ou o pediatra para identificar a causa e ser indicado o tratamento mais adequado.

Como é feito o diagnóstico

O diagnóstico da otalgia é feito pelo otorrinolaringologista ou o pediatra através da avaliação dos sintomas, histórico de saúde e do exame do ouvido, feito com um aparelho chamado otoscópio, para observar o interior do ouvido.

Marque uma consulta com o otorrinolaringologista na região mais próxima de você:

Cuidar da sua saúde nunca foi tão fácil!

Marque uma consulta com nossos Otorrinolaringologistas e receba o cuidado personalizado que você merece.



Marcar consulta

Disponível em: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Pará, Paraná, Sergipe e Ceará.

Foto de uma doutora e um doutor de braços cruzados esperando você para atender

Além disso, o médico pode solicitar exames de sangue, como hemograma completo ou recolher uma amostra sa secreção do ouvido para analisar em laboratório de forma a identificar a presença e o tipo de bactéria, fungo ou vírus.

Outros exames que podem ser solicitados pelo médico para identificar a causa da otalgia são raio X de crânio, ressonância magnética ou tomografia computadorizada, por exemplo.

Possíveis causas

As principais causas de otalgia são:

  • Infecções por bactérias, vírus ou fungos;
  • Dermatite de contato;
  • Acúmulo de cera;
  • Entrada de água no ouvido ou presença de corpo estranho;
  • Perfuração do tímpano;
  • Lesões, traumas ou tumor no ouvido;
  • Sinusite, faringite, laringite ou amigdalite.

Além disso, embora seja mais raro, o bruxismo, a disfunção temporomandibular ou alterações na pressão atmosférica, que podem ocorrer durante uma viagem de avião, ou quando se viaja para locais com uma grande altitude, também podem causar otalgia. Conheça outras causas de dor no ouvido.

Tipos de otalgia

A otalgia pode ser classificada em dois tipos, de acordo com sua causa, como:

1. Otalgia primária

A otalgia primária é a dor de ouvido que ocorre devido a condições que afetam diretamente o ouvido interno, médio ou externo, como infecções ou lesões no ouvido, por exemplo.

2. Otalgia secundária

A otalgia secundária ocorre devido a condições saúde que não afetam diretamente o ouvido, como no caso de sinusite, inflamações na garganta, laringe ou faringe ou disfunção temporomandibular.

O tipo de otalgia é identificado pelo médico durante a realização dos exames de diagnóstico.

Tratamentos para otalgia

O tratamento para otalgia deve ser feito com orientação do otorrinolaringologista ou pediatra e varia de acordo com sua causa.

Assim, para aliviar os sintomas o médico pode indicar o uso de analgésicos e anti-inflamatórios, como o paracetamol, dipirona ou ibuprofeno, e aplicar compressas mornas e manter o ouvido seco. Veja os principais remédios para dor de ouvido.

Em alguns casos, também pode ser recomendado usar antibióticos, antivirais ou antifúngicos na forma de comprimidos ou gotas para aplicar no ouvido, para eliminar bactérias, vírus ou fungos que estejam causando infecção.

Já no caso da disfunção temporomandibular ou bruxismo, pode ser necessário realizar sessões de fisioterapia, fazer massagens para relaxar os músculos da face e da cabeça e usar uma placa dentária de acrílico. 

Leia também: 5 dicas simples para aliviar a dor de ouvido


tuasaude.com/4-dicas-para-diminuir-a-dor-de-ouvido

Fonte: Tua Saúde!

COMMENTS