HomeSalvador

Operação Pós-Carnaval: SMS prossegue ações contra dengue nos circuitos da folia nesta segunda (19)

Foto: Ascom/SMS

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) prossegue, nesta segunda-feira (19), com as ações de combate à dengue em Salvador nos locais onde houve festejos de Carnaval. Será utilizada UBV Pesada (carro fumacê) na Barra, Ondina, Garcia, Campo Grande, Nordeste de Amaralina e Itapuã. O trabalho do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) terá início nessas localidades a partir das 18h.

A estratégia teve início no pré-Carnaval, com o objetivo de eliminar os mosquitos através da identificação de criadouros, utilizando o tratamento focal e com a aplicação de inseticida pelo carro “fumacê”. As atividades pós-Carnaval, no entanto, são importantes porque permitem uma segunda aplicação de inseticida para a eliminação dos insetos que podem ter surgido durante o Carnaval.

As ações são fundamentais dentro do ciclo do mosquito transmissor de arboviroses, buscando evitar um possível surto da doença na cidade. Vale salientar que um folião com dengue, mesmo assintomático, pode infectar os mosquitos.

Com o trabalho permanente da SMS, por meio do CCZ, Salvador segue na contramão de muitas capitais brasileiras que já apresentam números preocupantes. A cidade apresentou redução em 54% dos casos prováveis da dengue até o dia 15 de fevereiro, quando comparados com o mesmo período de 2023. Os casos confirmados também apresentam significativa diminuição – foram 453 nesse mesmo período do ano passado, contra 154 em 2024.

“Fomos protagonistas do maior evento de massa do país com grande circulação de pessoas, e seguiremos dando exemplo quando o assunto é trabalho permanente, preventivo e pós-operacional. Nesse sentido, essas atividades nos circuitos do Carnaval são fundamentais, porque eliminamos os mosquitos, utilizando para tanto o carro fumacê. Além disso, durante esta semana serão realizadas ainda atividades de inspeção em unidades de saúde, locais de ensino e de grande circulação de pessoas, tais como estações de transbordo, metrô e marítimas para o combate ao mosquito transmissor das arboviroses”, afirmou Ana Paula Matos, vice-prefeita e titular da SMS.

A gestora reforça ainda que o Carnaval passou, mas diversas medidas cotidianas contra o mosquito podem e devem ser adotadas e intensificadas principalmente pela população, uma vez que o combate à dengue requer união e esforços conjuntos. “Caso perceba locais de água parada, entulhos, tanques sem cobertura, armazenamentos incorretos e inadequados elimine-os ou ligue para o 156 para pedir uma visita do CCZ. Seja você também um agente transformador na sua comunidade”, orientou Ana Paula.

COMMENTS