Fã do Fábio Jr. cai em golpe e faz Pix de R$ 2,5 mil para falso cantor

HomeBrasil

Fã do Fábio Jr. cai em golpe e faz Pix de R$ 2,5 mil para falso cantor

Maria Aparecida do Nascimento, de 47 anos, caiu em um golpe ao acreditar que conversava com o cantor Fábio Jr. por meio das redes sociais. A diarista chegou a transferir R$ 2,5 mil para a conta do golpista depois de ser convencida que o artista passava por uma crise financeira.

“Sou fã do Fábio Jr. desde que eu tinha 17 anos. Ele canta com a alma, além de ser muito carinhoso com os fãs”, contou a mulher.

Segundo Maria Aparecida, ela ficou muito surpresa quando recebeu a mensagem do fake no Facebook.

“Acreditei no contato porque ele disse que sempre escolhia alguém para trocar mensagens, retribuir o carinho. Achei que estava vivendo um sonho”, disse a mulher ao Uol.

O golpe do falso Fábio Jr.

Em novembro de 2023, Maria Aparecida do Nascimento recebeu uma mensagem do suposto cantor agradecendo o carinho da mulher, que sempre postava nas redes sociais vídeos e fotos do artista. À diarista, o criminoso, se passando pelo artista, afirmou estar depressivo e pensando em suicídio.

“Eu até o aconselhei a fazer um bazar beneficente e vender algumas roupas dele para arrecadar o dinheiro. Mas ele disse que tinha vergonha e que os fãs não poderiam saber que ele estava falido”, contou Maria Aparecida.

O golpista pediu que a mulher realizasse uma transferência de R$ 5 mil, porém Maria Aparecida disse que conseguiria depositar metade do valor. Ao colocar os dados cedidos pelo golpista, a mulher percebeu que a transferência seria realizada para outra pessoa, mas fez o Pix mesmo assim.

“Quando o questionei, ele me disse que as suas contas bancárias estavam bloqueadas e eu acabei acreditando. Na hora que depositei, tirei um fardo de dentro de mim, um alívio por estar ajudando uma pessoa que eu tanto amo e desejo o bem”.

Relacionamento amoroso

Depois de receber a transferência bancária, o suposto cantor prometeu que alugaria uma casa em um condomínio de luxo para que Maria Aparecida fosse morar com ele, no início de 2024. Além disso, o golpista afirmou que estaria se divorciando.

Entretanto, como a promessa não foi cumprida, a diarista ficou preocupada e procurou a ajuda de amigos, que alertaram que ela havia sofrido um golpe. Maria entrou em contato com o telefone que usou para realizar a transferência via Pix. Uma mulher atendeu e disse desconhecer o caso.

“Ela até riu de mim e não quis mais me ajudar. Pediu para eu não importuná-la. Agora, vou deixar nas mãos da Justiça e torço para ter meu dinheiro de volta. As contas estão chegando, o pagamento da minha moto está atrasado e não sei o que fazer”, lamentou Maria Aparecida.

Questionada pelo Uol, a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo disse que realiza diligências visando a identificação do autor do crime e esclarecimento dos fatos.

Fonte: clique aqui.

Você bem informado!

COMMENTS