comprar um imóvel na planta ou pronto?

HomeEconomia

comprar um imóvel na planta ou pronto?

Antes de realizar o sonho da casa própria, é comum ter a dúvida entre comprar um imóvel na planta ou pronto. Isso porque cada um tem suas características, vantagens e desvantagens. Pensando em te ajudar nessa escolha, conversamos com Marcelo Milech, planejador financeiro CFP pela Planejar.

Tomar essa decisão envolve uma série de fatores, como a disponibilidade de tempo, condições de pagamento, localização do imóvel e a infraestrutura.

“Antes de tudo, considera-se que alguém que está comprando um imóvel na planta não precisa se mudar imediatamente”, ressalta Marcelo.

Ou seja, esse comprador pode esperar meses (ou muitas vezes anos) e incluir a parcela do pagamento no fluxo atual de finanças. Dito isso, trazemos alguns pontos importantes para você colocar na balança. 

Imóvel na planta é mais barato? 

Na teoria, os imóveis na planta costumam ter preços mais baixos e condições melhores de pagamento. “Alguém que está disposto a correr o risco da espera e da construção, antecipando essa compra, teria o benefício de pagar um valor do metro quadrado menor ao de um imóvel usado. Mas o que temos observado na prática, principalmente em regiões mais valorizadas, são construtoras lançando imóveis com preços acima do valor médio do mercado”, ressalta Marcelo. 

Segundo o especialista, isso envolve alguns aspectos, como o desejo por algo novo e o fato de que, em tese, esses imóveis têm uma estrutura tecnológica mais moderna e outros itens que um imóvel usado não necessariamente tem. “Financeiramente não faz sentido, mas mercadologicamente pode fazer”.  

As vantagens e desvantagens de cada um 

A infraestrutura moderna e até mesmo a possibilidade de personalizar o espaço são algumas das vantagens de comprar um imóvel na planta.

Além disso, antes da entrega das chaves, enquanto o comprador paga pela entrada e as primeiras parcelas do imóvel, a construtora não pode cobrar juros.

Ao longo dos meses é aplicada apenas uma correção monetária com base no Índice Nacional de Construção Civil (INCC).

Os riscos do imóvel na planta

Por outro lado, como o imóvel na planta representa uma construção futura, há o risco de ela não ser entregue ou da obra atrasar. 

Já no imóvel pronto, a flexibilidade para negociar com outro vendedor é maior.

Além disso, se você busca uma localização específica e abre mão de grandes transformações na planta, uma unidade já pronta pode ser uma boa opção.

Por outro lado, há o risco de precisar de eventuais ajustes ou reformas.

Em resumo…

… a decisão entre comprar um imóvel na planta ou pronto depende do momento de vida, das condições financeiras e das necessidades de cada um. Não há uma resposta exata.

Os cuidados ao comprar um imóvel 

Marcelo destaca que a parcela do financiamento do imóvel, seja ele pronto ou na planta, não deve comprometer mais do que 30% da renda total.

“Esse é um número que torna a possibilidade de inadimplência menor. O importante é fazer com que as parcelas se encaixem no orçamento”, explica.  

Conferir as documentações do imóvel também é fundamental.

Quando falamos de um empreendimento na planta, é fundamental avaliar todas as questões jurídicas e o histórico da construtora.

“Significa entender o grau de solidez e a garantia em relação a execução da obra. Se os preços estiverem muito abaixo do mercado, é um sinal para desconfiar”, ressalta Marcelo. 

Fonte: clique aqui.

Você bem informado!

COMMENTS