Chile abre investigação sobre incidente em voo da Latam

HomeInternacional

Chile abre investigação sobre incidente em voo da Latam

Avião com trajeto de Sydney (Austrália) a Auckland (Nova Zelândia) perdeu altitude repentinamente

A TAIC (sigla em inglês para Comissão de Investigação de Acidentes de Transporte) da Nova Zelândia disse nesta 3ª feira (12.mar.2024) que o Chile abriu uma investigação sobre o incidente em um voo da Latam que deixou ao menos 50 pessoas feridas. A aeronave realizava o trajeto de Sydney (Austrália) a Auckland (Nova Zelândia), na 2ª feira (11.mar), quando apresentou uma “forte movimentação” e perdeu altitude repentinamente. 

Em nota, a TAIC afirmou que, conforme a Convenção Internacional sobre Aviação, a DGAC (sigla em espanhol para Direção-Geral de Aeronáutica Civil), do Chile, é a responsável pela investigação e solicitou ajuda da Nova Zelândia. “A TAIC está em processo de coleta de evidências relevantes para a investigação, incluindo a apreensão dos gravadores de voz e de dados de voo da cabine”, lê-se no comunicado. 

A Latam tem sede no Chile. O voo LA800, que partiu de Sydney, tinha como destino a capital chilena, Santiago. 

A companhia aérea não informou as causas do incidente. Em nota (leia a íntegra abaixo), falou em “evento técnico que causou uma forte movimentação da aeronave durante o voo”. 

Segundo a Latam, 13 pessoas foram levadas ao Hospital Middlemore, na Nova Zelândia, sendo 10 passageiros e 3 tripulantes de cabine, para “verificar o seu estado de saúde”, segundo a empresa. O avião transportava 263 passageiros e 9 tripulantes técnicos.

Leia a íntegra da nota da Latam: 

“O Grupo LATAM Airlines informa que o voo LA800 (Sydney-Auckland) registrou um evento técnico que causou uma forte movimentação da aeronave durante o voo. A aeronave pousou às 16h26 (horário local) no aeroporto de Auckland, conforme programado;

“Como resultado do incidente, 10 passageiros e 3 tripulantes de cabine foram levados ao Hospital Middlemore para verificar o seu estado de saúde. Não há feridos graves;

“Com o cancelamento do trecho Auckland-Santiago, foi definido um novo voo (LA1130) para 12 de março de 2024, com partida prevista de Auckland às 20h (horário local) com destino ao Chile. A LATAM está oferecendo alimentação e hospedagem aos passageiros afetados pela suspensão do voo;

“O Grupo LATAM Airlines lamenta os transtornos desta situação para os seus passageiros e reforça o seu compromisso com a segurança como um valor inegociável das suas operações”.

Fonte: clique aqui.

Você bem informado!

COMMENTS