HomeSalvador

Campanha ‘Letramento Digital na Sala de Aula’ levará classificados à Lisboa

Foto: Igor Santos/Arquivo Smed

A Prefeitura de Salvador iniciou a segunda fase da campanha “Letramento Digital na Sala de Aula: Trilha para o Futuro”. A ação é realizada por meio das secretarias municipais da Educação (Smed) e de Inovação e Tecnologia (Semit), em parceria com a Tech4Kids.

No ano passado, a primeira etapa da iniciativa premiou professores com um par de ingressos para um show do cantor e compositor Carlinhos Brown, no bairro do Candeal. Agora, nesta segunda etapa, que se encerra no dia 30 de abril, os educadores classificados terão a oportunidade de participar de uma agenda acadêmica e cultural em São Paulo (SP) e em Lisboa, em Portugal.

Para participar, os professores devem realizar as aulas do Letramento Digital em sala de aula com suas turmas. As atividades podem ser conduzidas em qualquer dispositivo, como tablets, chromebooks e computadores. Para colaborar, as unidades escolares começaram a receber, a partir desta segunda-feira (19), um kit de Chromebooks para organizar a utilização pelas turmas, não só para este, mas também para outros projetos de Educação Digital.

A coordenadora de Tecnologia e Inovação Pedagógica da Smed, Jucineide Carvalho, ressaltou que a campanha visa reconhecer e incentivar o empenho dos educadores da rede pública municipal na inclusão digital nas escolas.  “Os nossos estudantes têm direito à educação digital e o Letramento Digital é um dos eixos importantes para essa garantia de direitos. O professor que organiza a sua pauta pedagógica para considerar a contemporaneidade e a importância desse estudante ter acesso à educação digital, de fato, merece esse reconhecimento”, declarou.

Hoje, o Letramento Digital na rede municipal de ensino abrange cerca de 80 mil alunos que estudam do 2º ao 7º ano do Ensino Fundamental (anos iniciais e finais). Implantado na capital baiana em 2020, o Tech4Kids leva noções de ciência da computação. 

Na prática, os alunos manuseiam tablets conectados com a plataforma “Ubbu”, utilizada em países como Estados Unidos, África do Sul, Espanha e Noruega. A ferramenta proporciona um aprendizado divertido, através de jogos interativos, vídeos animados e exercícios.

Reportagem: Mateus Soares/Secom PMS

COMMENTS