Basófilos: o que são, valores e porque estão baixou ou altos

HomeLifestyle

Basófilos: o que são, valores e porque estão baixou ou altos

Os basófilos são células importantes para o sistema imune, estando normalmente aumentados em casos de alergia ou inflamação prolongada como asma, rinite ou urticária por exemplo. Os basófilos possuem em sua estrutura inúmeros grânulos, que, em situações de inflamação ou alergia, por exemplo, liberam heparina e histamina para combater o problema.

Estas células são formadas na medula óssea e são um tipo de glóbulo branco, podendo os seus níveis serem avaliados por meio do exame leucograma, que é um dos constituintes do hemograma e que fornece informações sobre os glóbulos brancos. Veja como interpretar o leucograma.

Os basófilos estão presentes no sangue em concentrações muito pequenas, sendo os valores normais de referência dos basófilos entre 0 – 2% ou 20 – 100/µl tanto nos homens como nas mulheres.


Valores de referência dos basófilos

Os valores normais de basófilos no sangue são indicados de acordo com a quantidade total de leucócitos no sangue, representando cerca de 0 a 2% dos leucócitos totais. É também considerado normal quando são encontrados 20 a 100 basófilos por microlitro de sangue.

Os valores de referência para os basófilos não variam entre homens e mulheres adultos, no entanto pode variar de acordo com o laboratório em que é realizado o exame de sangue e, por isso, o resultado do exame deve ser visto sempre pelo médico.

Dúvidas sobre o resultado dos seus exames?

Nós te ajudamos! Marque uma consulta e receba orientação especializada sobre o que você precisa fazer.




Marcar consulta

Disponível em: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Pará, Paraná, Sergipe e Ceará.

Saiba se o resultado está normal

Para saber se a quantidade de basófilos está dentro do valor de referência, coloque o resultado do seu exame na calculadora a seguir:

Basófilos baixos

A basopenia, que é quando os basófilos estão baixos, é uma situação pouco comum e que pode ocorrer devido à diminuição da produção de glóbulos brancos pela medula óssea, sendo possível identificar menos de 20 células por microlitro de sangue.

As principais causas de basopenia são ingestão de medicamentos que enfraquecem o sistema imune, como corticoides, ovulação, gravidez, período de estresse, hipertireoidismo e a síndrome de Cushing. Conheça outras causas de basófilos baixos.

Basófilos altos

O aumento da quantidade de basófilos, também chamado de basofilia, normalmente acontece quando há alguma inflamação no organismo, sendo normalmente acompanhada por outras alterações no leucograma. Assim, algumas das situações em que pode haver aumento dos basófilos são:

  • Colite ulcerativa, que é inflamação do intestino;
  • Asma, que é a inflamação crônica dos pulmões em que a pessoa apresenta dificuldade para respirar;
  • Sinusite e rinite, que corresponde à inflamação dos seios perinasais, que se encontram nas vias respiratórias, geralmente associada a infecções;
  • Artrite, que é a inflamação das juntas do corpo e que causam dor;
  • Insuficiência renal crônica, principalmente nos casos de mau funcionamento dos rins, como nefrose;
  • Anemia hemolítica, que é uma situação em que as hemácias são destruídas, havendo comprometimento do transporte de oxigênio e nutrientes para o organismo;
  • Leucemia Mieloide Crônica, que corresponde a um tipo de câncer em que há desregulação na produção de células pela medula óssea devido a uma mutação;
  • Após fazer quimioterapia ou remover o baço.

Assim, caso seja notada basofilia, é importante mostrar o resultado para o médico que solicitou o exame para que o hemograma possa ser analisado por completo e, assim, possa ser indicada a realização de outros exames complementares para identificar a causa da basofilia e iniciar o tratamento mais adequado, caso tenha necessidade. Veja mais sobre o que pode ser basófilos altos.





96% dos leitores

acham este conteúdo útil



(292 avaliações nos últimos 12 meses)

Fonte: Tua Saúde!

COMMENTS